Caixa estuda nova identidade visual com custo estimado de R$ 800 milhões.

A Caixa Econômica Federal pode adotar, após as eleições, uma nova identidade visual, pronta para ser implementada em documentos, cartões, lotéricas e agências bancárias. Aplicar o novo visual custará cerca de R$ 800 milhões, segundo fontes da instituição.

A primeira versão do logo, segundo o Metro Jornal, ficou pronta e foi aprovada pelo Conselho da Caixa (veja em primeira mão acima). O estudo final, com os custos oficiais, deve ser entregue até 12 de setembro.

O mentor da mudança da identidade visual da Caixa foi Nelson Antônio de Souza, atual presidente da Caixa, que, ao revirar gavetas ao ascender ao cargo em 2 de abril, resgatou um estudo de 2016 que tratava da mudança – na época, com custo estimado de R$ 500 milhões. Logo determinou aos 12 vice-presidentes que a troca fosse aprovada para ser uma “marca” da gestão dele no banco. Em 2017, chegou a haver uma mudança, mas sem mexer em cores ou exigir adaptação da magnitude que a nova marca, embora também com alterações sutis, prevê.

Fonte: DSGN

By |2018-10-24T20:52:04+00:0017/10/2018|Tags: , , , |

Sobre o Autor:

Sinto felicidade ao passar o tempo fazendo o que mais gosto: simplificando coisas. Acredito verdadeiramente que: "Dar menos que seu melhor é sacrificar o dom que você recebeu." por Steve Prefontaine. É por isso que me dedico a um ambiente transparente, leve e feliz. Boas ideias fluem melhor assim. Adoro o "como" as coisas são feitas; como construir ambientes sadios onde o talento de cada um emerja na positividade e um "grande todo" se forme. Vejo o trabalho como um campo de desenvolvimento humano e "despertar" das pessoas. Minha abordagem é de "dentro pra fora", ou seja, entender a verdade por trás de cada desafio e a partir daí construir caminhos únicos, originais. Tecnologia? Sempre, mas a favor de ideias e conceitos que construam conexões humanas e verdadeiras. Adoro encontrar a mensagem e linguagem que vão bater no coração. Não consigo olhar consumidores, vejo gente. E com "gente", vc precisa da conversa certa, baseada no "ouvir" de verdade, o único jeito da conversa fluir. Gosto de vida familiar, auto conhecimento, meditação, caminhadas, música, e tudo que nos tire do espaço apenas "mente" e nos conecte com níveis mais elevados de inteligência, no campo onde um mundo de possibilidades possa fluir.

Deixar Um Comentário